4 Dias 4 Filmes


julho 09, 2012 – 0 Comentários
Tumblr_lmduvthyeg1qb5t88o1_500_large_large
{Perfeita Inexistência}

O lado bom de estar de férias e desta semana ter um feriado aqui em São Paulo (no caso hoje) foi assistir filmes. Realmente é uma coisa que eu gosto muito de fazer, e pela falta de tempo fica sempre ficando de lado, mas nesse mês de férias é mesmo para me atualizar em todos os filmes e série que quero assistir, e irei falar tudo por aqui!

Agora saibam um pouco mais dos filmes que assisti nesses ultimo dias.
Amor Sem Fronteiras

Sinopse: Sarah Jordan (Angelina Jolie) é uma socialite casada com Henry Bauford (Linus Roache), filho de um influente empresário americano. Após conhecer Nick Callahan (Clive Owen), um médico que se dedica a causas humanitárias na África, Sarah se dispõe a ajudá-lo. Ela arrecada fundos para comprar medicamentos e comida para refugiados na Etiópia, aonde vai para entregá-los à equpe de Nick. Ver o sofrimento e a miséria do povo etíope de perto faz com que Sarah decida mudar de vida ao retornar a Londres, passando a trabalhar para uma ONG que ajuda causas humanitárias. via Adoro Cinema

Esse foi o primeiro dos quatro filmes assisti, foi por DVD que a senhora da limpeza do meu estágio emprestou. Li a sinopse atrás do DVD e não tinha me cativei na história do filme, começei a assisti-lo sem muitas expectativas.
O filme tem como a protagonista a atriz Angelina Jolie que está belíssima neste filme, ela fez o papel de uma mulher forte em meio de problemas sociais, e não teve como não associar a personagem Sarah a personalidade da Angelina são aparecidas. Achei o filme cheio de cenas fortes envolvendo a fome e a pobreza na África, trazendo em algumas delas muito desconfortos (envolvendo mortes e sangue). Deixo com destaque a destaque a cena do bebê brincando com uma granada.
Bom não esperava muito do filme e ele não surpreendeu muito. Vamos ao próximo 😉
Meia Noite em Paris

Sinopse: Gil (Owen Wilson) sempre idolatrou os grandes escritores americanos e sonhou ser como eles. A vida lhe levou a trabalhar como roteirista em Hollywood, o que fez com que fosse muito bem remunerado, mas que também lhe rendeu uma boa dose de frustração. Agora ele está prestes a ir a Paris ao lado de sua noiva, Inez (Rachel McAdams), e dos pais dela, John (Kurt Fuller) e Helen (Mimi Kennedy). John irá à cidade para fechar um grande negócio e não se preocupa nem um pouco em esconder sua desaprovação pelo futuro genro. Estar em Paris faz com que Gil volte a se questionar sobre os rumos de sua vida, desencadeando o velho sonho de se tornar um escritor reconhecido. via Adoro Cinema

Estreia da HBO fazia um tempão que não assistia uma de sábado a noite, e justamente em um que daria certo para assistir acabou sendo ao contrário do filme anterior fiquei louca para assistir.
Não sei quantos filmes Woody Allen na minha vida mas sei que a cada novo filme que assisto eu me surpreendo e como ele é um cineastra genial. Mãããããee eu quero o Box de DVD’s dele! *-*
Um filme apaixonante começando claro por ser em Paris e começando com cenas lindas da cidade mais romântica do mundo. Onde o personagem Gil (Owen Wilson) Paris acaba sendo o lugar mágico onde tudo aquilo que ele sonhou após a meia noite em suas viagens noturnas acabam acontecendo, se deparando com Picasso, Salvador Dalí, Edgar Degas e outros artistas e vivendo até mesmo a “Belle Époque” francesa.
Meia Noite em Paris é um filme apaixonante, entrou para minha listinha dos DVD’s com certeza!
E Aí… Comeu?

Sinopse: Recém separado, Fernando (Bruno Mazzeo) não se conforma com o fracasso de seu casamento com Vitória (Tainá Muller), enquanto seu amigo Honório (Marcos Palmeira), um jornalista machão casado com Leila (Dira Paes), não para de desconfiar que a esposa está traindo ele. Também amigo da dupla, Afonsinho (Emilio Orciollo Netto) sonha em ser um escritor de sucesso, tira onda de intelectual e se relaciona com prostitutas. Juntos, eles vão debater e descobrir qual é o papel deles nesse mundo povoado por mulheres, sejam elas interesses amorosos ou não. via Adoro Cinema

Fui ontem no cinema ontem com a intenção de assistir Homem Aranha, mas estava uma fila enorme e só tinha sessão das 20:30 (e eu estava lá desde as 17 hs), acabei escolhendo “E Aí.. Comeu?”.
Tudo aquilo que você espera de um filme nacional a gente encontra (sexo, palavão, mulher nua/seminua) no “E Aí.. Comeu” achei um filme bom, dá para dar algumas risadas. Sendo como cenário principal o Olha é o típico happy hour e barzinho com os amigos, a quem deva achar o filme machista, e fazer da mulher um simples objeto sexual, bom primeiro que antes de tudo é uma ficção, na vida real só é assim quem quer.
Confesso adorei o papel do Seu Jorge, me surpreendi ele é um além de ótimo cantor é um bom ator.
Razão e Sensibilidade

Sinopse: Em virtude da morte do marido, uma viúva e as três filhas passam a enfrentar dificuldades financeiras, pois praticamente toda a herança foi para um filho do primeiro casamento, que ignora a promessa feita no leito de morte de seu pai que ampararia as meias-irmãs. Neste contexto, enquanto uma irmã prática (Emma Thompson), usando a razão como principal forma de conduzir as situações, a outra (Kate Winslet) se mostra emotiva, sem se reprimir nunca com uma sensibilidade flor da pele. via Adoro Cinema

E finalmente o último da listinha que assisti hoje pela manhã na HBO Plus.Este filme é “Orgulho e Preconceito” são dois que gostaria de assistir, que até então não tinha tido oportunidade.
O mais antigo de todos os filmes (de 1995), tem o Hugh Grant com carinha de novinho e o professor Severus Rogue de Harry Potter. É um filme da adaptação do livro da escrita Jane Austen de uma viúva com suas três filhas. Acho fascinante lidar com filmes que retrataram antigamente, cada maneira a forma de comprimentar, falar de lidar com as pessoas. E como a forma sentimental da personagem da Kate Winslet e a forma séria da Emma Thompson, duas personagens cativantes.
A gente esse foi um resumo de como foi meu feriadão, bem cinéfilo, deixem nos comentários se já assistiram algum deles ou todos e qual filme vocês assistiram nesse feriado!

Os 5 Filmes de Romance Que Não Pode Faltar Na Sua Coleção


maio 20, 2012 – 11 Comentários

 

Pouxa gente demorei três dias no total para fazer esse post, fui fazendo aos poucos desde quinta foi exatamente agora que finalmente terminei, enfim, a tag mensal de itens aleatórios do mês vem falar sobre filmes dessa vez, quem viu minha Wishlist de Aniversáriosabe que gostaria de ganhar ou que irei batalhar para ter, e também alguns itens eu disse que iria me presentear. Pois então nessa quarta chegou aqui em casa o meu DVD lindo do show The Confessions Tour da Madonna e o filme 500 Dias Com Ela.

Mas depois que esse DVD chegou em casa, despertou aquela vontade antiga que tenho de fazer uma coleção de DVD’s, pois bem esse será mais um dos plano para se colocar em prática, imediatamente. 🙂

Estou completamente empolgada com isso, estou pesquisando minhas próximas aquisições cinéfilas, olha digo que você vê preços tão em conta que dá vontade de comprar tudo de uma vez.
Mas enfim comecei a selecionar as sessões e irei começar claro pelos filmes de romance, selecionei cinco no qual eu os considero essenciais, que não podem ficar sem para a minha futura coleção.

Confesso a lista é gigantesca e foi difícil selecionar só cinco, mas enfim chega de drama, espero que tenham ficado ansiosos para ver a minha lista? Então vejam:

500 Dias Com Ela (500 Days of Summer – 2009)

Sinopse: Contado de forma não-linear, o filme narra a história de um rapaz que acredita no amor, mas se apaixona por uma garota que pensa diferente.

Não poderia começar a listar com outro filme, não é mesmo?. Filme de romance mais fofo do mundo, ainda me pergunto quando encontrarei meu Joseph Gordon por ai. Óbvio que não poderia começar uma coleção a com outro filme né?.
Esse filme está saindo por 16,90 no Submarino.

Letra e Música (Music and Lycris – 2007)

Sinopse: Hugh Grant é Alex Fletcher, um cantor que já teve dias melhores. Sua gravadora pede para que ele componha em alguns dias um grande sucesso que conquiste o público juvenil, apesar dele nunca ter composto a letra de nenhuma música em sua carreira. Ele recebe a ajuda da jovem Sophie (Drew Barrymore) para atingir seu objetivo.

Eu ainda estou me perguntando porque ainda não tenho esse filme?. Eu já perdi a conta de quantas vezes já assisti, aliás esse item vale para todos o da lista, e além do mais a trilha sonora é fantástica e escuto à anos. É além de um filme romântico, e ainda tem a Drew Barrymore.
Por apenas 12,90 no Submarino.

De Repente é Amor (A Lot Like Love – 2005)

Sinopse: Em um vôo de Los Angeles para Nova York, Oliver (Ashton Kutcher) e Emily (Amanda Peet) se conhecem. Logo ficam atraídos, mas o “relacionamento” dura somente um dia. Durante os próximos sete anos, os dois vivem entre encontros e desencontros. Na medida em que lutam com seus respectivos parceiros, carreiras e separações, eles passam de apenas um casal de conhecidos a amigos íntimos que podem confidenciar tudo um ao outro.

Eu ainda estou me perguntando porque ainda não tenho esse filme? (Parte 2). Um dos melhores filmes do Ashton Kutcher na minha opinião, e um filme fofo, e uma história de amor linda. Não pode de jeito nenhum faltar na minha coleção e nem na de vocês!.
Saindo por 19,31 no Ricardo Eletro.

Récem Casados (Just Married – 2003)

Sinopse: Sarah McNerney (Brittany Murphy) é uma jovem que decide casar com Tom Leezak (Ashton Kutcher, do seriado That 70’s Show), mesmo sabendo que esta não é a vontade de seus familiares e amigos. Logo após o casamento, o casal parte para a Europa, onde tenta passar a lua-de-mel. No entanto, uma série de incidentes engraçados acaba tirando o sossego dos pombinhos. Ainda mais depois da chegada de Peter Prentis (Christian Kane), ex-namorado de Sarah que foi enviado pelos pais dela para tentar acabar de vez com o casamento.

Esse é um filme que quando tiver vai ser uma das minha preciosidades, porque até hoje não acredito que Brittany Murphy morreu, ele acaba sendo meio triste, apesar de ser um dos meus preferidos.
Aliás esse é o filme sempre dou risada na mesma cena, aliás Ashton Kutcher parte.2 hahaha.
Está no 9,90 no Submarino.

Diário de Uma Paixão  (The Notebook – 2004)

Sinopse: Noah Calhoun (James Garner), um vendedor aposentado, costuma visitar Allie Nelson (Gena Rowlands) em um asilo, onde lê memórias escritas em um caderno. A leitura narra a história de um casal que foi separado pela Segunda Guerra Mundial e se reencontra 14 anos depois, com diferentes rumos na vida. Com a memória prejudicada pelo tempo, a senhora acaba tendo a chance de reviver sua turbulenta juventude e o inesquecível amor que viveu.

E por fim, não poderia faltar o Diário de uma paixão , aquela história de amor emocionante de um casal eternamente apaixonado. Todo mundo compartilha a vontade que ela não poderia ter essa doença né?. Saindo por 12,90 pela Saraiva.

Percebeu os preços super em conta? Viu gente não é preciso gastar muito para começar ou incrementar sua coleção. Espero que tenham gostado e comentem quais vocês acham que deveriam estar na listinha.


Os Casais Mais Apaixonados do Cinema – Valentine’s Day


fevereiro 14, 2012 – 10 Comentários
{Universo Feminino}
Hoje é dia mais romântico do mundo, onde é comemorado em muitos países ao redor do mundo, o Dia dos Namorados (Valentine’s Day), é claro uma data comemorativa importante para os apaixonados do mundo todo, que hoje estão ainda mais exaltando seus sentimentos para seus amados.
É normal nesse dia que diversas formas para presentear e passar o dia com seu amado (a), minha sugestão são assistir filmes, de casais apaixonados (ou não), mas são marcantes do cinema, perfeito para hoje quem quer ver um filminho juntinho e coladinho.
Vamos ver a seleção? Olha à lista ai:
 
Casal: Patrick Verona (Heath Ledger) e Kat Stratford (Julia Stiles)
Casal: Holly  (Hilary Swank) e Gerry (Gerard Butler)
Casal: John (Channing Tatum) e Savannah  (Amanda Seyfried)
Casal: Dexter (Jim Sturgess) e Emma (Anne Hathaway)
Casal: Johnny Castle (Patrick Swayze) e Baby – Frances Houseman (Jennifer Grey)
Casal: Henry DeTamble (Eric Bana) Clare (Rachel McAdams)
Casal: Tom Hansen (Joseph Gordon-Levitt) e Summer Finn (Zooey Deschannel)
Gostaram? Ficaram com vontade de assistir os filmes, me digam quais casais marcantes do cinema faltaram para vocês?

Assista: O Homem do Futuro


janeiro 08, 2012 – 8 Comentários
Eu resolvi me atualizar nos filmes nacionais desse último ano, e hoje assisti “O Homem do Futuro”, que é fantástico e vocês vão saber um pouco mas sobre ele agora.

Sinopse: Zero (Wagner Moura) é um cientista genial, porém arrogante e infeliz. Prestes a ser demitido, ele resolve por em prática um novo invento: um acelerador de partículas. O experimento fracassa, mas acidentalmente ele volta no tempo e tem uma nova chance com Helena (Alinne Moraes), uma mulher que renegou e humilhou o cientista anos antes desta viagem. via Cineclick.

Eu gosto muito de cinema nacional, mas sempre assim eu esqueço de assisti-los, sempre bombardeada por esses filmes para esses americanos. Mas antes de assistir “O Homem do Futuro” eu havia visto outros dois nacionais o “Assalto ao Banco Central” e “Malu de Bicicleta”, queria muito assistir todos eles, confesso que esperei mais dos dois principalmente de Malu. Crei uma na expectativa antes de ver “O Homem do Futuro”, e eu não sei porque, mas tinha quase certeza que seria melhor que os outros dois nacionais, maior deles por ter o Wagner Moura protagonista claro que é um ótimo ator (além de muito gato).
O Filme:
Conta a história de Zero (Wagner Moura) que é um cientista e professor, sua vida nunca mais foi a mesma após a decepção amorosa ocorrida na época da faculdade, por isso que como dito na sinopse, faz com que  teste a máquina do tempo, onde vai parar diretamente em 1991, justamente na época que conheceu Helena (Alinne Moraes). Zero decide dar uma nova chance ao amor dela, para ficar juntos no futuro, e faz com que nessa viagem a história deles mudem no futuro.
O Homem do Futuro é um filme romântico, tocante pelo fato depois de vinte anos após o romance que aconteceu na faculdade  Zero ainda lutar pelo amor de Helena, fazendo com que ele volte no tempo duas vezes.
Sinceramente até agora escrevendo o post estou ouvindo a música tema do filme que é do Legião Urbana – Tempo Perdido, não saiu da minha cabeça, logo após eu percebi como gosto tanto dessa música hihi, e assisti umas cinco vezes o clipe que fizeram da música do filme.
Parece que só toca essa música no filme né? Pois até no trailer a música esta presente mas não se preocupa  no filme toca também Creep do Radiohead na voz de Wagner Moura. 🙂

Cenas Preferidas:

  • Quando Zero volta a primeira vez do passado, sabe que ficou rico e começa a dançar, não tem como não segurar o riso nesse momento.
  • Quando Zero e Helena se conheceram na universidade, junto com a cena do parque estudando, quando ele era completamente gago.
  • No aeroporto Zero pula todas as barreiras e dá um beijo na Helena, onde funcionários do aeroporto o prende.
Tinha planejado outro post para hoje o de ontem, mas eu acabei assistindo “O Exorcista”, nunca tinha visto inteiro, então o post de ontem fica para amanhã hahaha. Mas O Homem do Futuro mereceu esse post, além de ser um filme nacional de ótima qualidade, é muito bom impressionante como Wagner Moura é um ótimo ator, você esquece completamente que ele foi o Capitão Nascimento no Tropa de Elite e interpretou um homossexual no Sexo Frágil.
Assistam o trailer e me digam se ficaram interessados em ver, ou se já assistiram me digam o que acharam.

Trailer:


Páginas12345
Me segue no Instagram: @nemrocknemroll

Publicidade


Nem Rock Nem Roll • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por