Rotaroots: 5 Filmes do Oscar da Minha Vida


fevereiro 13, 2015 – 12 Comentários

Filmes, como não amar um tema que fale sobre eles. O grupo do Rootarots um dos temas do mês, tinha como tema uma das premiações mais importantes do cinema o Oscar e nesse post eu pude juntar três assuntos obrigatórios aqui do mês (Os 5, Filmes e Rotaroots). O tema 5 Filmes do Oscar Pra Sua Vida, será a minha vez de falar a famosa frase “The Oscar goes to”, porque são somente os meus filmes escolhidos.

Os filmes que eu elegi não são nenhum novidade por aqui eu contei na sobre todos eles na Tag Filmes aqui do blog, mas foi difícil escolher somente cinco mas eu claro me justifiquei o porque de cada um, na minha seleção tem filmes novos e antigos.Então veja agora os meus escolhidos:

500 Dias Com Ela – 2009

Um filme no qual eu me identifico, com a história, a trilha sonora, eu sou apaixonada por tudo neste filme, e identifiquei logo de cara assim nos primeiros minutos quando o assisti pela primeira vez.O Joseph-Gordon Levitt, merecia o Oscar como melhor ator, pois independente de ter visto o filme pela vigésima nona vez, eu vou me apegar da mesma forma que a primeira. Quando gosto realmente de um filme além de querer ter o DVD que foi unanime com todos os 5 selecionados para essa seleção eu costumo ver todos os filmes do meu personagem preferido, e isso aconteceu do  Joseph Gordon-Levitt e a Zooey Deschanel, por isso esse filme merece o Oscar da Minha Vida.

Kill Bill – 2003

Dois em um pode ser? Diz que sim!. Esse filme claro merecia a Uma Thurman como melhor atriz e o Quentin Tarantino como melhor diretor. Esse filme merecia o Oscar do melhor filme da década, ele tem uma história que te prende independente que ela seja dividida em dois filmes.Vou confessar que eu tenho vontade de comprar uma espada do Hattori Hanzõ e vontade de ir numa festa a fantasia como aquela roupinha amarela.

Mesmo Se Nada Der Certo – 2014

O filme mais novo dessa listinha e que indiquei mês passado aqui no blog, o que falar desse filme? Sem dúvida o melhor de 2014, isso que também indiquei por aqui o Garota Exemplar que foi um filmaço.

O filme tem a trilha sonora que eu não paro de ouvir ultimamente, e ainda vai ter apresentação no Oscar do Adam Levine cantando Lost Stars, nem preciso dizer minha ansiedade sobre isso né? Fora que o filme, é aquele que não tem cara de filme de real e do quanto você fica que você fica encantado com história.

Muito Bem Acompanhada – 2004

Eu amo comédia-romântica/romances tenho que confessar, mas esse em especial é daquelas comédias românticas que não são nada parecida com as de sempre “sá como é, né”. Pra variar tem uma trilha sonora maravilhosa, e pra aquele momentos que o clima esquenta esse filme conseguiu colocar a música perfeita.

Fora que você fica apaixonado pela história da Kat e a loucura que ela fez tudo pelo casamento da sua irmã mais nova, nesse filme que eu descobri o “Submarino” um drink super famoso e me faz rir sempre nas mesmas cenas para váriar.

O Mágico de Oz – 1939

E por fim o filme mais velho dessa listinha, o meu conto preferido e claro que o meu amor pelo O Mágico de Oz nunca vai acabar!

O conto tão moderno até os dias de hoje, apesar de ter assistido esse filme que é a referência para vida de muitos fiquei muito frustada quando li o livro descobrir a verdade sobre os sapatinhos da Dorothy e não ter a cidade de porcelana. Mesmo por ser um filme da década de 30 e não ter efeitos especiais como o de hoje eu acho a fotografia desse filme incrível.

E esses foram os meus 5 filmes que merecem o Oscar para a minha vida, Agora me contém nos comentários o da vida de vocês!
Beijos 🙂

Assista: Mesmo Se Nada Der Certo (Begin Again)


janeiro 30, 2015 – 6 Comentários
E para essa sexta-feira o último post do mês de Janeiro eu indico o filme que me fez sair do cinema sorrindo e sem dúvidas o melhor que eu assisti em 2014 que é o Mesmo Se Nada Der Certo.

Dados do Filme:

Título: Mesmo Se Nada Der Certo (inglês: Begin Again)
Diretor: John Carney
Ano: 2013
Sinopse: Gretta e Dave são namorados de longa data e parceiros na composição de músicas. Quando ele consegue um contrato com uma grande gravadora em Nova York, acaba deixando tudo para trás, inclusive Gretta. Mas a vida da jovem tem uma nova virada quando ela conhece Dan, um produtor musical falido, que a vê cantando em um bar e se encanta com seu talento. (via Capinha do DVD rs)
Eu confesso quando minha irmã falou deste filme eu não fiquei lá muito interessada em assistir, tirando a parte de ver o Adam Levine na telona do cinema é claro. Mas eu confesso tinha um certo receio de ter um filme com um cantor famoso e ser horrível, mas isso foi muito além do contrário quando sai do cinema no ano passado após assistir.
O filme fala sobre música de uma forma tão moderna original que até arrepia, o filme tem uma ideia genial de gravar um CD em pontos turísticos de Nova York, engraçado eu assistindo esse filme comparei a cidade com São Paulo, os pontos de ônibus são iguais o daqui gente rs.  Antes de tudo eu adoro essa vibe de banda, correr trás gravar e ser autêntico como artista e isso eu senti em todo o momento tanto pelas músicas como pelo filme.
A atuação do Adam foi ótima assim como a música principal do filme “Lost Stars” que está indicada ao Oscar como melhor música e sendo possível uma apresentação ao vivo dessa música com a Keira Knightley no dia da premiação.
Por ser um filme sobre música sua trilha sonora não poderia deixar de ser um destaque, estou escutando todos os dias e falo deste filme para todos sempre que posso e finalmente hoje tive oportunidade de falar aqui no blog, única coisa que posso dizer é ASSISTAM REALMENTE ESSE FILME e se surpreendam, e como diria o Fred Eldoni que esse filme te cause “um sorriso ou dois”.
Já assistiu Mesmo Se Nada Der Certo? Vamos conversar pelos comentários! Se não assistiu corre e depois me conta por aqui!
Beijos

Assista: Her (Ela)


novembro 22, 2014 – 0 Comentários

Um dos lados positivos de ter ficado sem internet é claro ter visto muitos filmes, eu escolhi um deles para contar aqui para vocês um filme que não conta uma história de amor nenhum pouco tradicional, quer saber mais sobre o filme? É só continuar lendo este post.

Dados do Filme

Título: Her (Ela)
Diretor: Spike Jonze
Ano: 2013
Sinopse: Theodore (Joaquin Phoenix) é um escritor solitário, que acaba de comprar um novo sistema operacional para seu computador. Para a sua surpresa, ele acaba se apaixonando pela voz deste programa informático, dando início a uma relação amorosa entre ambos. Esta história de amor incomum explora a relação entre o homem contemporâneo e a tecnologia. Via: Adoro Cinema

Eu havia feito o download desse filme após ler sua sinopse, não sei eu adoro filmes ou com nomes ou que contém histórias tanto incomuns, como é o caso deste filme Her, eu já sabia que eu podia esperar qualquer coisa depois de ler a sinopse, mas eu não imaginava que iria assistir um dos filmes mais geniais dos dias de hoje.

Theodore é um homem extremamente fofo, um personagem carismático, gosta de momentos simples e aproveitar as coisas boas da vida, ele com o fim de seu casamento se torna um homem anti-social e ainda não sabe muito bem o que fazer, quando acaba instalando um novo sistema operacional em seu computador e tudo muda.

Eu vi neste filme, e vi um assunto no qual converso com meus pais e alguns amigos sendo algo que eu vivi nessa última semana sem internet, hoje o mundo é tão dependente da tecnologia, eu costumo observar as pessoas na rua e vejo no metrô, no ônibus, no shopping, no bar em qualquer lugar muitos na frente do celular, tablets, muitas delas estão ali muitas vezes acompanhadas e a interação a “conversa” no celular muitas vezes é mais interessante do que o momento real. Resumindo nos vemos mais apaixonados e dependentes pelo mundo “irreal” que as vezes deixamos de aproveitar momentos reais (Spoiler: há uma cena que ilustra isso de observar as pessoas no filme).

O filme não é uma crítica, mas sim um romance moderno onde encontramos em qualquer lugar uma nova forma de amor, no caso deste filme o personagem principal se apaixonou pela voz de seu novo sistema operacional voz é da atriz Scarlett Johansson.
Her foi muito bem produzido, trás lugares fantásticos com por do sol, praia, topos de prédio e neve, e a maior vemos que existem amor de diversas formas de usar a tecnologia e aproveitar as maravilhas quedo mundo. Estou apaixonada por esse filme acho que deu para perceber um pouco, então melhor parar de escrever sobre por aqui e lembrando que ele está recomendadíssimo para vocês.

Fotos: Reprodução
E vocês já assistiram Her? Contem nos comentários!
Beijos ♥

Assista: Garota Exemplar


outubro 06, 2014 – 8 Comentários
Neste último sabádo (04/10), fui no cinema com a minha irmã no intuito de assistir o filme Apenas Uma Vez (Begin Again) do vocalista do Maroon 5 Adam Levine, mas infelizmente chegamos atrasadas e a fila estava enorme e não conseguimos assistir ainda, decidimos assistir o filme que vou contar um pouco mais agora e eu não sabia absolutamente nada mas que valeu cada centavo.
Quer saber o que achei sobre esse filme? É só continuar lendo esse post!


Dados do Filme:


Título: Garota Exemplar (Gone Girl)
Diretor: David Fincher
Ano: 2014
Sinopse: Amy Dunne (Rosamund Pike) desaparece no dia do seu aniversário de casamento, deixando o marido Nick (Ben Affleck) em apuros. Ele começa a agir descontroladamente, abusando das mentiras, e se torna o suspeito número um da polícia. Com o apoio da sua irmã gêmea, Margo (Carrie Coon), Nick tenta provar a sua inocência e, ao mesmo tempo, procura descobrir o que aconteceu com Amy. via Adoro Cinema

Como disse eu não sabia absolutamente nada sobre o filme a não ser que minha irmã disse que o Ben Affleck era o personagem principal, que havia estreado nesta última semana, a sessão estava completamente lotada. Assim no início soube que era baseado no livro do mesmo nome da autora Gillian Flynn, que já havia visto em diversas livrarias e nunca soube absolutamente nada sobre o livro, e isso é ótimo pois assim não criei associação com nada já lido, então tudo que falarei por aqui é todas por enquanto opiniões que tive sobre o filme.
Como dito na sinopse a escritora Amy é uma escritora de sucesso e simplesmente desaparece no dia de aniversário de cinco anos de casamento, com o seu sumiço deixa a entender diversos mistério se seria um sequestro ou um assassinato e se seu do marido foi o culpado com o que havia acontecido com a sua própria mulher?. Com o apoio da polícia e Nick e sua irmã gêmea Margo, vivema cada dia do sumiço de Amy uma história ainda mais intensa, com o futuro incerto sobre o que aconteceu realmente com Amy e as revelações dadas no decorrer da história.
Extremamente difícil falar muito sobre esse filme, pois qualquer comentário a mais pode ser um spoiler sobre a história e os segredos e revelações dadas. 
Eu quero deixar aqui também registrado um grande destaque para os personagens, são ótimos muito bem elaborados, conta com um toque de suspense e relevações no decorrer certas do filme, Ben Affleck fez uma excelente atuação, apesar de são saber dos detalhes do personagem no livro.

O filme tem praticamente 2h30min de duração, apesar de ser um filme longo não é cansativo pelo fato da história te prender do início ao fim, apesar de que achei que o filme começa ganhar mais emoção após a mudança do Nick para a casa de sua irmã, e quando a primeira informação do sumiço da Amy é revelado.

Fotos: reprodução
Foi um excelente filme, e sai com aquela sensação como não assistia um filme tão bom assim a tanto tempo, e me fez ficar angustiada na cadeira do cinema. O filme me deixou com vontade de ler o livro e descobrir um pouco mais principalmente da personagem Amy, acredito que os fãs do livro não irão se arrepender de assistir a adaptação para o cinema.
E vocês já assistiram Garota Exemplar? Me contem nos comentários!
Beijos ♥

Páginas1234567
Me segue no Instagram: @nemrocknemroll

Publicidade


Nem Rock Nem Roll • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por